Resenha: Arena 13 – Joseph Delaney

Arena 13Arena 13
Trilogia Arena 13 #1
Joseph Delaney
Bertrand Brasil, 2016
320 páginas
Skoob | Goodreads
Leif tem uma única ambição: tornar-se o melhor lutador da famosa Arena 13. Mas a região é aterrorizada por Hob, um ser maligno que se deleita torturando a população. E isso é exatamente o que Leif quer, pois ele conhece bem os crimes de Hob. E, no cerne da sua ambição, arde o desejo de vingança. Leif procura revanche contra o monstro que destruiu a sua família. Mesmo que isso lhe custe a vida.

📚 Livro recebido em parceria com o Grupo Editoral Record.

Em Arena 13 acompanhamos a jornada de Leif, um jovem órfão com o sonho de ser o melhor lutador da arena 13. Nesse mundo que mistura realidade medieval com toques sobrenaturais há um lugar em que as pessoas podem duelar valendo dinheiro e fama. São diversas arenas de lutas e a mais famosa é a número 13, onde os competidores precisam arrancar sangue do oponente para vencer. Mas também é possível que a luta vire um “ajuste de contas”, em que um dos dois precisa morrer para o duelo acabar.

Seguindo seu sonho de lutar, Leif vai atrás e consegue ser discípulo de Tyron, o melhor treinador da cidade e especialista na arena 13. Em meio a treinamentos e lutas, Leif precisa também se preocupar com o terrível Hob, um ser que aterroriza a todos da cidade, ele tem poderes sobrenaturais, suga o sangue (e alma) de suas vítimas e às vezes desafia os combatentes da arena 13 a lutar até a morte sem razão nenhuma, apenas para o seu prazer.

Leif é um personagem que começou com muitos mistérios sobre sua origem e motivações para lutar na arena 13, mas com o tempo não passou aquela emoção ao revelar sobre a sua vida. Não gostei muito do protagonista, para mim não teve grandes revelações e no final achei ele bem comum, já vi mais do mesmo em outros livros.

O Hob seria o grande vilão, mas para mim não passou de um monstro sem muito sentido na história. Não teve aquela tensão ao ler sobre as suas maldades e apesar de ao longo do livro ele cometer várias perversividades, matar inocentes e sumir com mais um tanto, foi tudo sem muita emoção.

Arena 13

Uma coisa que me incomodou bastante foram as explicações sobre a luta, elas eram bem confusas, inclusive tem um manual no início do livro para nos ajudar, mas a verdade é que me deixou entediada e custei a entender as regras e tudo mais. Somente lendo mais da metade do livro, que alguma coisa começava a fazer sentido, mas ainda sim tudo foi bem complexo de entender.

Arena 13 não foi um livro que me conquistou, gosto muito de fantasia medieval e esperava que esse fosse uma aventura eletrizante, com atos de vinganças na trama e que nos deixasse sem fôlego, mas achei tudo um pouco parado, personagens forçados, explicações desnecessárias e o vilão fraco. Por ser o primeiro livro, em que muita coisa precisa ser apresentada, terei que dar um desconto para esses incômodos, mas ainda acho a história podia ser mais simples, mas foi transformada em um universo confuso e sem lógica.

Como toda série, Arena 13 deixa várias pontas soltas e eu espero que melhore nos próximos volumes, o final foi satisfatório e preciso ler o restante para entender mais da história. Apesar de não ter gostado muito, ainda pretendo ler os livros seguintes, ainda tenho esperança que melhore.

Para mim o livro não convenceu, mas vi várias resenhas positivas e por isso acho que se você é fã do gênero deveria tentar, o autor é best-seller com a sua outra série “As Aventuras do Caça-Feitiço”, também publicado pela Bertrand Brasil.

»»Sobre a Trilogia Arena 13 ««

O primeiro livro da trilogia foi publicado lá fora em 2015, tendo uma grande aceitação dos fãs do gênero. O segundo volume intitulado “The Prey” (significa A Presa, tradução literal) foi publicado em junho de 2016 e as resenhas tem sidos bem positivas em relação a continuação. A Bertrand Brasil ainda não passou a previsão de quando irá publicar aqui. Já o terceiro deve ser lançado em 2017 fechando a série, mas ainda não temos muitos informações a respeito.

Arena 13

Espero que possam conhecer a trilogia Arena 13 e me contem a sua opinião sobre o livro.

Beijos.

Suzzy Chiu

Anúncios

20 comentários sobre “Resenha: Arena 13 – Joseph Delaney

  1. Oi Suzzy, que pena que tu não curtiu o livro. Eu já tinha dado uma olhada nele algumas vezes e cogitado colocar na minha lista porque a premissa é bem interessante, mas agora com a tua resenha vou repensar o caso. Acredito que tenham outros livros que mereçam mais estar na minha lista, sabe como é, hahahaha.

    Espero que tuas próximas leituras sejam melhores e não te decepcionem! Beijinhos!

    Att.,
    Eduarda Henker
    Queria Estar Lendo

    Curtir

  2. Hey, Suzzy!

    Eu até que gostei do livro!
    Sim, há muitos detalhes e às vezes fica chato mesmo, mas acho que isso se deve ao fato de ser primeiro livro de série, apresentando mundo e vocabulário novos e tal… todo primeiro livro de série é mais introdutório (e esse foi beeemmm mais!, rs, mas quero acreditar que o segundo será melhor.
    Tomara que eu esteja certa.

    Beijo grande!

    Curtir

  3. Olá!
    Eu tava tão animada com esse livro que agora até fiquei triste, haha!
    Eu acho a premissa da obra muito interessante, mas isso de ter personagens forçados, muitos detalhes, ser muito parado e afins, são pontos que me incomodam.
    Pelo menos o final foi satisfatório, né? Espero que a trama melhore nos próximos livros!
    Ainda assim quero conferir a obra.
    Beijos!

    Curtir

  4. Pingback: Leituras do Mês: Julho 2016 | Livros e Sushi

  5. Oie, tudo bom? Que pena que o livro não te conquistou :/
    Bem, esse não é um livro que me chama atenção, e acho que as mesmas coisas que te incomodaram podem me incomodar também. Não gosto muito de estórias com uma pegada medieval, também. Acho que vou ler a outra serie do autor.
    Beijos!

    Curtir

  6. Oi, tudo bem?
    Eu fiquei conhecendo esse livro agora, mas não me animei pra fazer a leitura, não gosto de fantasia medieval, me desistimulou ainda mais saber que você que gosta do estilo não foi conquistada totalmente.
    Sua resenha está clara e sincera, adorei, mas passo a dica.

    Beijos

    Curtir

  7. Suzzy, quando eu vi a capa do livro eu não dava muito por ele e achava que não ia me interessar, mas agora que li sua resenha achei a história bem interessante.
    Sem contar que Hob parece ser um personagem, no mínimo, intrigante.
    Já quero ler.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s