Resenha: No Seu Pescoço – Chimamanda Ngozi Adichie

No Seu Pescoço
Título Original:
The Thing Around Your Neck 
Autora: Chimamanda Ngozi Adichie
Editora:
Companhia das Letras
Páginas:
256
Ano:
2017
Gênero:
Ficção, Contos
Classificação: ⭐️⭐️⭐️⭐️⭐️
🔎 Compare os preços do livro aqui.

Esta coletânea, originalmente publicada em 2009, foi traduzida para o nosso idioma somente neste ano. São doze contos carregados de opressão, racismo, injustiça social, sexismo e xenofobia que se passam entre a Nigéria e os Estados Unidos, mas ilustram situações que também vivenciamos em nossa sociedade com assombrosa frequência.

Continuar lendo

Resenha: O Ministério da Felicidade Absoluta – Arundhati Roy

O Ministério da Felicidade Absoluta
Título Original:
The Ministry of Utmost Happiness
Autor:
Arundhati Roy
Editora:
Companhia das Letras
Páginas:
496
Ano:
2017
Gênero:
Romance, Ficção

Classificação: ⭐️⭐️⭐️⭐️⭐️
🔎 Compare os preços do livro aqui.

O erro da parteira é apresentado logo nas primeiras páginas: Jahanara Begum dera à luz um menino com uma “pequena, informe, mas inquestionável parte de menina”. Na Índia de hoje, na qual o sistema de castas ainda – apesar de tudo! – faz parte do cotidiano, nascer entre os gêneros masculino e feminino significa viver entre os párias da sociedade. Há um nome para aqueles nessas condições: hijra.

Continuar lendo

Resenha: Para Educar Crianças Feministas – Chimamanda Ngozi Adichie

Para Educar Crianças Feministas
Título Original:
Dear Ijeawele, or a Feminist Manifesto in Fifteen Suggestions
Autora:
Chimamanda Ngozi Adichie
Editora:
Companhia das Letras
Páginas:
96
Ano:
2017
Gênero:
Ensaios

Classificação: ⭐️⭐️⭐️⭐️⭐️ 
🔎 Compare os preços do livro aqui.

Li este manifesto — uma carta escrita por Chimamanda Adichie à uma amiga de infância que acabara de dar à luz — não como uma mulher e mãe, mas como um homem branco que reconhece seus privilégios e reproduz comportamentos e pensamentos machistas. Para aqueles na mesma condição, mas que também buscam repensar sua forma de se relacionar com o mundo, este livro é uma aula. A autora oferece quinze sugestões para que a pequena Chizalum seja educada em uma perspectiva feminista e o ideal seria que elas fossem lidas atentamente por homens que pretendem, ou não, ser pais. (A propósito, há um documentário também poderoso chamado “The Mask You Live In”, disponível no Netflix, que mostra como a ideia do “macho dominante” afeta psicologicamente crianças, jovens e adultos, principalmente nos Estados Unidos. Ótimo complemento para a leitura.)

Continuar lendo