Resenha: Holy Cow – David Duchovnk

Holy Cow 3DHoly Cow – Uma Fábula Animal
David Duchovny
Editora Record, 2015
208 páginas
Skoob

Elsie Bovary é uma vaca muito feliz em sua bovinidade. Até o dia que resolve sair sorrateiramente do pasto e ir a casa do fazendeiro. Lá descobre algo chamado “fazenda industrial” e que a deixa de pernas para o ar com o destino dos animais. A única saída é fugir para um mundo melhor e mais seguro. Assim, um grupo para lá de heterogêneo é formado: Elsie, Shalom, um porco rabugento judaico e Tom, um peru tranquilão que não sabe voar, mas que com o bico consegue usar um iPhone como ninguém.
As criaturas carismáticas de David Duchovny indicam o caminho para um entendimento e uma aceitação mútuos dos quais esse planeta tanto precisa.

📚 Livro recebido em parceria com o Grupo Editoral Record.

Hello humanos!

Hoje vamos COW-nhecer uma das mais fofas e engraçadas vaquinha  que se tem notícia na literatura.

Elsie Bovary é uma jovem vaca com um senso de humor incrível, dotada de uma personalidade forte está sempre disposta e animada com tudo, mas as vezes “viaja” demais nas suas divagações sobre a vida. Como toda adolescente tem uma BFF (melhor amiga), a vaca Melory, e já está naquela idade que começa a sentir algumas coisas pelos touros do outro lado da cerca e juntando a tudo isso ela é muito curiosa. Elsie mora numa fazenda junto com outros animais e tem uma relação amistosa com os humanos que administram a propriedade, ou seja, sua vida era boa e tranquila.

Um belo dia, quando o filho do fazendeiro deixa a porteira aberta, Elsie dá uma escapadinha até a casa principal e através do “Deus Caixa Luminoso” assiste um documentário em uma fazenda industrial sobre os destino de porcos, aves, peixes e outros animais, e claro, das vacas! E o resultado disso é um grande surto na sua vida! Quem não ficaria né?! 😮

cute-baby-cow-cartoon-illustration-isolated-white-background-42867355Elsie põe na cabeça que precisa fugir para salvar a sua pele e se mudar pra Índia, onde as vacas são como deusas e não serão assassinadas. Juntando forças com os animais mais improváveis, que também estão em busca de um lugar seguro, como o porco convertido ao judaísmo Shalom e o peru Tom, que é ligado nas tecnologias e com um bico muito útil para usar o IPhone, eles formam o trio mais inusitado que já vi em uma missão fugitiva.

A história é cheia de humor e as divagações da vaquinha são a essência do livro, dando a impressão que o relato é verídico e que Elsie realmente existe e escreveu tudo! Mas, apesar do divertimento, percebemos uma crítica forte sobre a sociedade consumista e a relação dos homens com a natureza, David Duchovny não poupa em explorar o tema e a percepção de Elsie sobre essas relações nos mostra como é importante o tema hoje em dia.

O autor ao utilizar o estilo narrador-personagem nos faz sentir parte da história, como se fosse uma bate papo com a vaquinha nos contando as aventuras. Os capítulos são curtinhos e o melhor são os títulos, que já te dão uma pista do que podem esperar, a leitura é muito gostosa e rápida, perfeita para descontrair e dar umas risadas. 😀

Eu realmente gostei muito do humor do livro, Elsie é um amor de vaquinha . A diagramação da Record está linda, com vários desenhos entre as páginas, estampa de vaca na parte interna da capa, fonte confortável para leitura e páginas brancas.

Espero mesmo que anime de COW-nhecer a vaca maluquinha da Elsie e seu livro fantabuloso e maravilindo, como ela mesmo diz.

Barrinhadivisoria2_zpsb656bfb6

Anúncios

49 comentários sobre “Resenha: Holy Cow – David Duchovnk

  1. Elsie Bovary é uma vaca muito divertida e sua aventura não poderia ter sido mais irreverente. Essa leitura foi uma grande surpresa para mim, principalmente por não ter muitas expectativas sobre ela. Agora, recomendo essa leitura descontraída para todos. Seu estilo é único, além de proporcionar momentos repletos de humor aos leitores. Beijos, Fê

    Curtir

  2. Oi, não conhecia o autor e nem o livro, mas achei bem legal a premissa e a capa bem bonita e achei a historia bem irreverente. Não sei porque mas me lembrou o livro “A Revolução dos Bichos” onde os animais se revoltam e começam a agir como gente.
    Obs.: Achei o layout do seu blog lindo *.*
    bjus

    Curtir

    • Heiii Thatyane, amei seu elogio, fico feliz que tenha gostado do layout do blog.
      A vaquinha Elsie cita o livro “A Revolução dos Bichos”, mas eu não li esse, mas acho que a ideia é parecida mesmo.
      Obrigada pela visita.
      Beijos.

      Curtir

  3. Suzzy! Li esse livrinho no início desse ano, mas não gostei dele tanto assim como você. Achei que o autor acabou se perdendo ali pro meio da história. Se eu fosse ele, apagaria tudo a partir do início da viagem da Elsie, do porco e do peru, e reescrevera tudo novamente. Hahah
    Beijo!

    Curtir

    • Hei Monalisa, li umas resenhas que falavam disso mesmo, que depois que o porco e o peru entram na história vira um bagunça, mas eu levei mais para o lado engraçado da coisa e fui lendo, hehe.
      No final acho que o livro passou a mensagem.
      Vamos ver se rola mais livros do autor, quem sabe né?!
      Beijos

      Curtir

  4. Duas coisas me atraíram nesse livro, o autor ♥ David Duchovny e a capa fofa de vaquinha 🙂 Tava louca pra ler e agora que ganhei de presente, posso me jogar na leitura e acompanhar as aventuras da Elsie.

    Curtido por 1 pessoa

  5. Oii, tudo bem?
    COnfesso que tenho uma grande curiosidade em relação a este livro, sempre me chama atenção. A história é um tema que não é muito abordado, até que atualmente estão conversando mais sobre. Leria com toda certeza, achei seu post fofo demais.
    Beijão

    Curtir

  6. Saudações literárias! Também recebi o livro de parceria, amei o mimo de geladeira que veio junto com o livro. Super fofo esse livro, o mais legal é saber que é o ator do Arquivo X que escreveu esse livro heheheh.

    Curtir

  7. Olá!

    Eu quero! Já tinha visto nas redes sociais da Record, mas nem sabia do que se tratava. Adorei a vaquinha, só não quero uma pra mim, prefiro só o livro mesmo hahahaha

    Curtir

  8. Olá Suzzy! Que livro fofo, amei o sobrenome da vaquinha e quero ela para mim!!! Kkkkkkkkkk Parabéns pelo seu texto, a cada linha que lia ia imaginando as cenas e até gargalhei na parte que ela quer ir para Índia! Vou procurar pelo livro porque me interessei bastante! Beijos!

    Curtir

  9. Olá

    É a segunda vez que vejo a resenha desse livro e caramba, ele parece ser muitooooo divertido. Não creio que fizeram um livro com a protagonista sendo uma vaca, tem como ser mais divertido. Quero muito lê-lo. Adorei a resenha, você fala da estória sem dar spoiler, um feito incrível ahhaha

    Bjos
    rillismo.blogspot.com.br

    Curtir

  10. eu sou apaixonada pelo trabalho de David como ator, e queria muito conhecer seu lado escritor… e sempre ouço falar bem desse livro, desde que lançaram…
    quero ler o quanto antes, amo livros com críticas sociais disfarçadas de humor inteligente…
    ^^

    Curtir

  11. Oi Suzzy, a vaquinha Elsie me conquistou desde quando vi o lançamento, e espero poder conferir o livro em breve.
    Me lembrou um pouco a Revolução dos Bichos, será que estou enganada?
    Espero que David seja tão bom escrevendo quanto é atuando.
    Bjs,

    Juliana
    claqueteliteraria.blogspot.com.br

    Curtir

  12. Oi, que história louca não. Muito bacana pra o leitor usar a imaginação. Gostei de saber que apesar de ser um livro bem fictício, ele ttaz uma crítica. Ate mesmo nos ensina sobre outra cultura, como, por exemplo, a India. Acho que seria um livro que eu leria. Goatei da resenha e da dica.

    http://PorreDeLivros.blogspot.com

    Curtir

  13. Gente, que história divertida! Gostei da premissa e, convenhamos, pode ajudar na lita de muitos vegetaríamos em fazer seus filhos seguirem seus caminhos e premissas. Afinal, coitada da vaquinha… Tudo o que ela mais quer é fugir da morte certa.rs. Não só ela como também o porco e o peru.
    Acho que seria uma leitura bastante interessante e completamente fora da minha zona de conforto, como carnívora assumida que sou.rs.

    Curtir

  14. Olá.

    Já tinha visto esse lançamento da editora, essa premissa. acho que o único livro que li até agora e fala sobre animais, essa coisa, foi A Revolução dos Bichos. Gostei muito desse livro, ainda mais porque sei que vou me divertir muito lendo ele. Dica anotada!

    Beijos

    Curtir

  15. Pingback: Livros lidos em Março 2016 | Livros e Sushi

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s